Remedio Manipulado para Emagrecer

Remedio Manipulado para Emagrecer

Descubra neste artigo se realmente remédios manipulados para emagrecer funcionam:

Remedio Manipulado para Emagrecer

A procura por eles e cada vez mais intensa, a lista é enorme e cada vez cresce mais, pessoas procuram por eles e até mesmo sem o auxilio de um profissional, eles podem ser encontrados em qualquer lugar on line e também off line, este artigo mostra os benefícios, malefícios, nos remédios manipulados para emagrecer.

Recentemente foi ao ar uma reportem na TV Record no programa hoje em dia, uma matéria sobre os medicamentos para emagrecer, na opinião do endocrinologista Felipe

Pedrenola Precisamos ter muito cuidado ao utilizar esses tipos de tratamento para a obesidade.

“Na realidade 2011 foi um ano de muitas discussões a esse respeito à sociedade médica e os endocrinologistas discutiram sobre o parecer da anvisa em proibir o uso desses medicamentos, tendo efeito contrario na saúde das pessoas.” e na verdade todo medicamento tem efeitos colaterais.

Quais são os efeitos colaterais:

Dependem de cada caso, quando o medico prescreve um medicamento para um ele pode ir muito bem , mais quando outro toma pode ser prejudicial para ele, ou seja, é necessária uma avaliação minusiosa para se ter certeza se o uso é preciso ou não.

De acordo com o medico o que na verdade implica e o uso descontrolado e a prescrição errada.

Esses medicamentos agem na noradrenalina uma substancia existente no cérebro que inibe a fome, controlando o apetite. Muitos relatos existem de pessoas tomaram estes tipos de medicamentos e voltaram a engordar, mais acontece  que a pessoa pode ficar por um tempo sem fome e depois voltar a engordar por que volta a comer sem controle por isso é preciso fazer uma dieta e controlar as calorias.

Anfepramona , fernoporex, anfetaminas , existem inúmeras formulas , que tomadas sem controle pode levar a o vicio e fazer com que a pessoa fique dependente , achando que não pode mais emagrecer sem elas.e com menos quilos vem sintomas que não são nada legais aí está a lista:

Boca seca, alterações de humor, dor de cabeça, insônia, taquicardia, euforia, falta de ar, hipertensão, irritação, dependência (quanto mais você toma, mais precisa), prisão de ventre, depressão, crises de ansiedade e pânico, como adverte Elisaldo Carlini, do Cebrid. Pois é, nada inofensivas, as anfetaminas só deveriam ser indicadas para pacientes com índice de massa corpórea (IMC) maior de 30 ou aqueles com IMC entre 26 e 30 com histórico de colesterol alto, pressão alta ou diabetes. Uma garota que mede 1,65 metros e pesa 70 quilos – gordinha para entrar numa calça tamanho 40 – tem IMC igual a 26. “O remédio é importante para casos em que a saúde pode ficar comprometida por conta do excesso de peso”, ressalta Claudia Cozer, endocrinologista da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), em São Paulo.

Dica da lili:

Avalie se você realmente precisa, não vale a pena perder a saúde por conta de um capricho.

emagrecer com lili

Gostaria de aprender tudo sobre como emagrecer? Acesse meu site:

www.dicas-emagrecer.com

Não deixe de comentar o que achou deste artigo,

Até breve, Lili.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>